Um monte de alpinistas escalou o Monte Elbrus -o pico mais alto da Europa com 5642 m-, mas ninguém conseguiu fazê-lo como o halterofilista russo Andrey Rodichev. Ele recentemente se tornou a primeira pessoa no mundo a escalar a montanha enquanto carregava uma barra de 75 kg em suas costas!. Este é um peso considerável para a maioria das pessoas levantarem até mesmo na academia, mas Rodichev conseguiu isso nas mais extenuantes das condições.

Paranoiaguda - Brasil e o Mundo - Halterofilista russo sobe o Monte Elbrus com um barra de 75 kg nas costas

O que ele fez, essencialmente, foi combinar dois esportes muito diferentes: o trekking, que exige incrível resistência e levantamento de peso, que requer rajadas curtas de força muscular pura. Enquanto o primeiro requer um peso corporal mais leve, o outro exige que os atletas sejam "grandes". Ao fundir os dois, Rodichev conseguiu estabelecer um novo padrão de atletismo.

Paranoiaguda - Brasil e o Mundo - Halterofilista russo sobe o Monte Elbrus com um barra de 75 kg nas costas

A fim de se preparar para a caminhada árdua, ele treinou duas vezes por dia, sete dias por semana. Todas as manhãs, ele corria nas ruas por uma hora e meia com um peso adicional de 10 kg. À noite, ele ir puxar ferro na academia. Assim perdeu cerca de 20 kg de peso corporal para atingir o peso ideal para o desafio.

Paranoiaguda - Brasil e o Mundo - Halterofilista russo sobe o Monte Elbrus com um barra de 75 kg nas costas

Embora a caminhada até o Monte Elbrus seja relativamente fácil para os escaladores de montanha, um adicional de 75 kg representa enormes desafios. A maioria dos escalaminhadores carregam mochilas que pesam cerca de 15 a 20 kg, mas eles costumam deixar a maioria de sua tralha na base da montanha, antes de começar a subida final para o Monte Elbrus. O resultado da tentativa de Rodichev era imprevisível, mas ele estava determinado a alcançar seu objetivo, para criar consciência sobre o descaso na prática do halterofilismo em sua cidade natal, Murmansk.

Paranoiaguda - Brasil e o Mundo - Halterofilista russo sobe o Monte Elbrus com um barra de 75 kg nas costas

- "A federação não tem equipamento profissional para competição e treinamento", disse ele à imprensa. - "Um conjunto de pesos profissionais de 480 kg custa em torno de 500.000 rublos (30 mil reais), mas a cidade e a administração regional não tem dinheiro, nunca. Eu quero fazer isso para chamar a atenção para a Federação de Halterofilismo na região de Murmansk"

Paranoiaguda - Brasil e o Mundo - Halterofilista russo sobe o Monte Elbrus com um barra de 75 kg nas costas

No momento da subida ele anexou a barra nas costas utilizando cintas especialmente concebidas. A própria barra pesava 20 kg e levava duas anilhas de 25 kg. Foi, sem dúvida, uma caminhada excruciante com uma média de velocidade de 50 metros por hora, e em algumas áreas ainda caiu para 15 metros por hora. Os últimos dois dias as condições climáticas estavam terríveis, mas ele finalmente conseguiu chegar ao cume no dia 6 de setembro, em oito dias. Ele foi acompanhado por um instrutor e escalador profissional Alexander Sukharev.

Paranoiaguda - Brasil e o Mundo - Halterofilista russo sobe o Monte Elbrus com um barra de 75 kg nas costas

Rodichev agora é considerado um herói, e com razão. A barra que ele carregou foi instalado no topo do Monte Elbrus, como um monumento à sua façanha incrível. Toda a viagem também foi filmada em vídeo, e as filmagens em breve serão usadas para fazer um documentário. Por agora, Rodichev está à procura de alguém que queira tentar quebrar o seu recorde: ele prometeu ajudar qualquer pessoa disposta a fazê-lo.

Paranoiaguda - Brasil e o Mundo - Halterofilista russo sobe o Monte Elbrus com um barra de 75 kg nas costas