Um estudo divulgado recentemente pela universidade de Ohio trouxe um resultado polêmico: os pesquisadores atestaram que homens que tiram muitas selfies têm uma tendência maior a serem psicopatas do que os que não possuem esse hábito.

De acordo com informações divulgadas pela revista Time, os principais aspectos que o excesso de selfie pode trazer aos homens é atitudes  anti-sociais e narcistas, além da auto-objetificação, sendo que todas se encaixam na psicopatia.

A pesquisa entrevistou 800 homens entre 18 e 40 anos  sobre os seus hábitos na internet, e descobriu-se que o acaso se agrava com homens que, além de tirar as selfies, também as compartilham em redes sociais.

A pesquisa não levantou os mesmos dados com participantes do sexo feminino por falta de dados comparáveis para o gênero, já que os casos de psicopatia em mulheres são menos comuns.

Mas nem tudo é motivo para se preocupar: o estudo também apontou que homens que postam selfies costumam ser mais atraentes para as mulheres do que os que não possuem esse hábito.