Usuários do WhatsApp devem ficar alertas: o estudante de engenharia Ahmed Lekssays, de 19 anos, descobriu recentemente uma falha que permite roubar todas as conversas do mensageiro, além de informações dos contatos. Aparentemente, o erro afeta apenas os donos de iPhones.

O universitário marroquino descobriu a falha enquanto realizava uma série de testes. O estudante constatou que ao usar o WhatsApp em um iPhone ou em um computador com o sistema operacional Linux, é possível roubar as informações em poucos segundos, mesmo se o smartphone estiver bloqueado. 

 Essa não foi a primeira descoberta de falha em aplicativos feita por Lekssays. Ele já havia relatado um erro no app doTwitter para iOS que permitia a qualquer pessoa, utilizando um método semelhante, se conectar a qualquer conta registrada na plataforma. Na época, a falha foi comunicada à equipe técnica do microblog, que rapidamente controlou a situação e reverteu o problema.

O bug já foi relatado, mas até o momento não foi resolvido. Em outros apps mantidos pelo Facebook, erros desse tipo são comuns. Houve aquele que permitia criar curtidas falsas na rede social e outro que rendeu U$ 33 mil a um brasileiro pela descoberta.