MundoRepórter salva cachorra de enchente


03/04/2017
54


O fenômeno do “Niño Costero”, como o denominaram vários profissionais, chegou com força à zona norte deste país. Esperavam que não fosse tão forte, mas o forte volume das chuvas fez com que vários rios saíssem de seus leitos. O Rio Piura, da cidade de mesmo nome acabara de inundar muitas partes da cidade, deixando a muitas pessoas e animais isolados. Quando o repórter Aarón Rodríguez estava cobrindo as incidências da cidade, recolhendo depoimentos dos afetados do distrito de Castilla, viu algo que o paralisou por completo.
Tratava-se de uma pequena e indefesa cadelinha que nadava desesperada de um lado para o outro, sem poder encontrar terra firme. A cadela nadava ao lado de um homem que no entanto pareci amais perdido do que ela. As imagens do pobre animal enchem o coração de tristeza. Mas o lado humano de Aarón falou mais alto e interrompeu a transmissão ao vivo para ajudá-la.
Com ajuda do câmera que o estava acompanhando, perseguiu o animal até que por fim a pegou nos braços. Aarón caminhou por toda a inundação até que a deixou sã e salva em uma zona fora da água.



Repórter que estava cobrindo enchente no Peru, salva cachorra que estava nadando sem rumo


CuriosidadesMamães gata e cadela cuidando de seus filhotes mutuamente


23/09/2015
313


Paranoiaguda - Mundo Animal - Mamães gata e cadela cuidando de seus filhotes mutuamente

A inimizade entre cães e gatos é de sobra conhecida por todos. Levam toda uma vida competindo entre eles –principalmente por obter o melhor lugar da casa– é, o que poderíamos chamar, uma autêntica batalha campal. Bom, talvez tenha exagerado um pouco e toda esta "guerra milenar" seja mais produto do fato de que são, simplesmente, duas espécies diferentes e com diferentes códigos de comunicação que, às vezes, se chocam e não permite que se entendam.

Meus cães, por exemplo, se dão muito bem com o gato da casa, que na verdade é mais um na matilha, mas se o gato da vizinha der bobeira no quintal ele é esfolado vivo.

São muitos os casos em que cães e gatos entabularam uma amizade que supera todas as expectativas e que ajudou a ambos a superar momentos difíceis. Assim como neste vídeo um tanto incomum podemos apreciar duas mães -uma cadela e uma gata- que são capazes de cuidar dos filhotes indistintamente.

Até aqui tudo mais ou menos normal. Um cão e um gato, que têm tanta confiança mútua podem compartilhar seu leito e o de seus filhotes sem nenhum problema. Eu diria que pode ser inclusive até lógico, ao estarem todos juntos estão mais quentinhos e se protegem mutuamente. O surpreendente vem no seguinte vídeo, onde vemos a gata diretamente amamentando os cãezinhos. Isto é o que se diz uma mamãe amiga até as últimas consequências.

Acho que nenhuma das duas vai encontrar ninguém melhor para deixar suas crias enquanto vão fazer compras.

Via Metamorfose Digital

Eu já vi casos parecidos, mas não onde as duas mães cuidavam dos filhotes